Revista Troféu Pesca – Edição nº 210 – Junho/1997

Edição nº 210, de junho de 1997, da extinta Troféu Pesca, quando demos continuidade na ideia de trazer um peixamento de piabanhas no Rio Paraída-do-sul na área do nosso Município de Jacareí. Como podem perceber encerrei a matéria com alguma esperança, na verdade, quase com a certeza de que a Cesp daria a devida continuidade, mas depois deste peixamento, que na verdade só acabou ocorrendo por nossa provocação e insistência no pedido e, também por ter rendido publicidade gratuita para a empresa, não tive mais notícias de que outros tenham sido efetuados no próprio rio, senão apenas nas áreas das represas.

Para me seguir nas redes sociais e ficar por dentro de novas publicações, basta clicar nos links abaixo:
Facebook
Instagram
Twiter

© Todos os direitos reservados sobre texto e fotos! Proibida a reprodução, porém permitido compartilhamento (vide botões abaixo) da matéria/texto em sua íntegra, sem edição, através unicamente das ferramentas do Blog!

Se gostou, por favor, compartilhe clicando nos botões de compartilhamento logo mais abaixo:

4 comentários em “Revista Troféu Pesca – Edição nº 210 – Junho/1997

  1. …Tristeza ! muita tristeza Grande Bomediano saber que os principais responsáveis na destruição da natureza tanto a fauna como a flora com os represamentos dos rios, para fazerem como sugerido na matéria de maneira subentendida, o que lhe seriam obrigação e de forma continua. Neste relato somente após vossos esforços e assim mesmo com ganhos para a empresa. interessante nossa memória, lembro me ter lido a revista a época. Parabéns pelo acervo e quem sabe reavivando-as eles possam despertar na consciência e não somente acusar o frequentador como o grande vilão.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Grato pelo comentário, Grande Roque! Vou tentar entrar em contato com eles para ver as possibilidades de promoverem mais peixamentos no rio, não só na represa como vêm fazendo. O trecho da matéria, por exemplo está abaixo dos barramentos, de maneira que se não houver algo dirigido a ele, pouco podemos esperar com relação à piabanha.

      Curtir

  2. Bom dia, Sr Domingos!

    Não cheguei a ler a matéria quando publicada na revista mas me lembro de conversarmos um dia em seu escritório em uma oportunidade de estar passando por lá.
    Me lembro do Sr me mostrando a foto de uma Piabanha grande que o Sr havia capturado e me perguntando se eu sabia a qual espécie se tratava aquele espécime…..não conhecia o peixe, por nunca tê-lo visto, mas acertei a qual gênero pertencia (Brycon) devido as características físicas do animal …..
    Alguns amigos pegavam uma ou outra no Paraíba, onde hoje está a “Salão Império”, no início dos anos 80….mas nunca cheguei a ver um exemplar.
    No início desta semana assisti a um programa de pesca, onde o apresentador pratica a pesca urbana, ou seja, sempre próximo aos grandes centros, e ele veio, de ônibus, para Paraibuna para pescar na represa….além de vários Tucunarés, o último peixe do episódio foi uma Piabanha…..ele não pesou mas imagino que estaria entre os 2,5 e 3,5kg….linda….fisgada na artificial bem próximo daqueles tanques rede que a gente observa da Tamoios. Realmente o peixe deu trabalho.

    Forte abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Grande Luciano, me lembro sim de ter te mostrado foto de uma piabanha enorme. Ela foi capturada alguns anos depois deste peixamento da matéria, mas não em tempo suficiente para que fosse um daqueles alevinos, porque já vinha muito grande, demandando ter mais de dez anos para chegar a tanto. Em Paraibuna, em razão de que a Estação de Piscicultura centrar seu trabalho em áreas mais próximas de onde está a sede, a piabanha já vem recuperada e está presente tanto no rio quanto na represa, mas aqui, na nossa área, apesar de aparecer alguma de vez em quando, está muito longe de poder ser considerada uma espécie recuperada, infelizmente. Forte abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: